poesia gótica...

poesia gótica...

a autora...



a poeta aprecia o goticismo desde a infância; cresceu vendo os filmes da Hammer, lendo Kripta e os clássicos literários de horror. descobriu os autores contemporâneos e começou a rabiscar despretensiosamente até 2008 quando, convalescente, encontrou na literatura gótica o meio para expressar suas aspirações, pensamentos e inspirações.  sua escrita ora é sombria e melancólica, outrora crítica e sarcástica, abordando o horror da morte e da vida, o vampirismo e a paixão arrebatadora, o conflito suicida e recorrente. seus poemas são confissões... ou líricos engodos para intrigar e seduzir o leitor.
é bibliotecária em Porto Alegre, RS, onde nasceu em 1969. é casada com JL (seu amado vampiro), mãe de RB e avó do D. é defi e rejeita o equivocado conceito de "superação". ama os animais (principalmente os gatos) e as árvores; o oceano e o vento; as sombras e a muda fala do silêncio; os demônios ocultos atrás da porta...